SAIBA COMO PREVENIR GRIPES E RESFRIADOS

SAIBA COMO PREVENIR GRIPES E RESFRIADOS

Prepare-se para mais uma temporada de gripes e resfriados.

Com o verão chegando ao fim, entramos nos meses críticos e mais propensos à essas doenças.

Embora sejam doenças contraídas por vírus diferentes, muitos SINTOMAS são parecidos.

Dor no corpo e principalmente na cabeça, dificuldade para respirar, sensação de cansaço e tosse aparecem nas duas condições.

No entanto, durante o resfriado é comum que sejam mais amenos e demorem menos tempo para passar.

O principal sintoma que pode diferenciar o diagnóstico é a febre.

Quando aparece no resfriado, o que acontece raramente, é mais branda e dura pouco tempo, enquanto que na gripe pode permanecer por até três dias.

Embora não sejam consideradas DOENÇAS graves, se não tratadas no início e corretamente, podem evoluir para outros problemas do sistema respiratório como amigdalite ou ainda atingir outras partes do corpo como ouvido (otite), medula óssea (meningite) e até o cérebro (encefalite), por exemplo.

Prevenção é sempre o melhor remédio

Prevenção da gripe
Atitudes simples do dia a dia podem PREVENIR as doenças.

Partindo do princípio que ambas são contraídas pelos vírus e que eles são expelidos no ar pelo espirro ou pela tosse, alguns cuidados são básicos para se EVITAR o contato com essas partículas que ficam no ambiente e que sobrevivem, em temperatura natural por até 24 horas.

Proteja sua IMUNIDADE: um organismo debilitado é uma porta aberta para os vírus da gripe. Por isso, mantenha uma boa alimentação e vida saudável.

Evite trocas de temperatura: a imunidade pode baixar também com choques de temperatura.

Por isso tenha cuidado com ambientes quentes e ambientes com ar-condicionado muito gelados, por exemplo.

Preocupe-se também em não permanecer com roupas molhadas no corpo.

Evite locais fechados: se não houver circulação de ar em um ambiente, os microorganismos ficarão concentrados no local, facilitando a contaminação.

Vacina: a vacina é recomendada para grupos de riscos, mas qualquer pessoa pode tomar. Para que faça efeito, deve ser aplicada anualmente.

CONVIVÊNCIA: o vírus da gripe está nas partículas que alguém espalha com o espirro. Eles podem ficar na mão da pessoa infectada, no ar ou em objetos e utensílios.

Por isso, evite levar as mãos à boca ou nariz após tocar em objetos públicos como maçanetas de porta. Em casa, mantenha superfícies sempre limpas e higienize os utensílios de uso comum.

PROTEJA AS MÃOS: lave-as com frequência e sempre que possível higienize com álcool em gel.

Antivirais: em casos de surtos de gripe em uma região, a medicação antiviral pode ser recomendada por especialistas na área da saúde.

Orientação médica é sempre a melhor saída


Mesmo que se tome esses cuidados, ninguém está livre de contrair a doença.

Se acontecer, pessoas que estiverem com os sintomas citados devem evitar a automedicação e PROCURAR um médico.

Ele fará o melhor diagnóstico sobre o quadro de saúde do paciente, principalmente porque quadros mais graves também como dengue, malária e febre amarela possuem sintomas parecidos e podem confundir.

Com o DIAGNÓSTICO, o médico recomendará repouso e ingestão de bastante água para evitar desidratação.

A medicação será avaliada de acordo com a gravidade e com o quadro do paciente. Grupos de risco como gestantes, idosos e pessoas com doenças crônicas necessitam uma atenção maior.

Geralmente a gripe dura em torno de uma semana, podendo alguns sintomas se estenderem por mais tempo até a total RECUPERAÇÃO do organismo.

Em caso de dúvidas, a melhor alternativa é consultar um profissional capacitado.

E nesse caso o ideal é utilizar o CARTÃO REDE SUL , pois possuímos muitos profissionais capacitados tanto em Santa Catarina quanto no Rio Grande do Sul que podem lhe atender, diagnosticar e esclarecer suas dúvidas e tudo com extrema qualidade e um preço que cabe no seu bolso.

Ainda não tem o Cartão Redesul?

CLIQUE AQUI e conheça mais detalhes dessa que é a melhor alternativa do mercado aos planos de saúde convencionais.

 

Um abraço!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *