Junho Vermelho: Tudo que você precisa saber para doar sangue

Junho Vermelho: Tudo que você precisa saber para doar sangue

Junho vermelho é o mês dedicado às campanhas que incentivam o ato de doar sangue. Esse período foi escolhido, porque costuma registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue, públicos e privados.

Isso acontece porque as temperaturas começam a cair, propiciando aumento da incidência de infecções respiratórias, além da temporada de provas em universidades, escolas e do início das férias escolares.

No Brasil são coletadas 3,7 milhões de bolsas por ano, o que corresponde ao índice de 1,8%. Na Europa e Estados Unidos, esse percentual é de 5% a 7%. Contudo, o Ministério da Saúde tem investido em diversas ações para aumentar as taxas de doação.

Diferente do que muitos acreditam, doar sangue é um processo fácil, rápido, seguro e solidário. A coleta é feita por pessoal capacitado e sob supervisão de um médico ou enfermeiro, garantindo o bem estar do doador.

Todo o processo da doação leva em torno de 55 minutos, onde são retirados aproximadamente 450 mL de sangue, através de inserção de uma agulha em um dos braços.

 

Por que doar sangue é tão importante?

doar sangue

O sangue é um tecido vivo que circula pelo corpo, essencial à vida. Todos os dias acontecem centenas de acidentes, cirurgias e queimaduras violentas que exigem transfusão, assim como os portadores de hemofilia, leucemia e anemias.

Se cada pessoa saudável doasse sangue espontaneamente pelo menos duas vezes ao ano, os Hemocentros teriam Hemocomponentes suficiente para atender toda população.

O sangue não tem substituto. Por isso a doação espontânea e periódica é fundamental. Doar sangue é uma atitude necessária, de solidariedade, cidadania e amor.

Lembre-se:

  • Sangue não se fabrica artificialmente;
  • O sangue doado não ultrapassa 10% do volume em circulação no corpo;
  • A quantidade doada é reposta rapidamente;
  • Você só doa novamente se quiser. A doação de sangue não vicia;
  • A doação acontece em ambiente confortável e limpo;
  • O doador é atendido por pessoal capacitado e qualificado para esta função.

 

Pré-requisitos para doar sangue:

Antes de fazer a doação, o doador passa por um processo de pré – triagem (verificação de sinais vitais) e uma entrevista individual. Se você decidir doar sangue, mas estiver com algum problema de saúde ou apresentando sintomas como perda de peso, manchas na pele, caroços pelo corpo ou feridas na boca, não doe sangue e procure um médico.

Além disso, para doar é necessário corresponder aos seguintes pré-requisitos:

  • Ter idade entre 18 e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Doadores com idade de 16 e 17 anos de idade, são aceitos para doação mediante a presença e autorização formal dos pais e/ou responsável legal;
  • O limite de idade para primeira doação é de 60 anos;
  • O candidato à doação deve estar em boas condições de saúde, sem feridas ou machucados no corpo;
  • Pesar acima de 50 kg (com desconto de vestimentas);
  • Apresentar documento de identidade com foto, emitido por órgão oficial: RG., carteira profissional, carteira de motorista, etc.
  • Ter repousado bem na noite antes da doação;
  • Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas, nas 4 horas que antecedem a doação;
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
  • Evitar ir acompanhado com crianças, sem acompanhantes.

 

Não pode doar sangue:

Quem tem ou teve as seguintes doenças:

  • Hepatite após os 11 anos de idade;
  • Lepra (Hanseníase);
  • Hipertireoidismo e tireoidite de Hashimoto;
  • Doença auto-imune;
  • Doença de Chagas;
  • AIDS;
  • Problemas cardíacos (necessita avaliação e declaração do seu cardiologista);
  • Diabetes;
  • Câncer.

Outras situações:

  • Fez ou faz uso de algumas drogas ilícitas nos últimos 12 meses;
  • Mantém relações sexuais de risco;
  • Gestantes ou mulheres que amamentam bebês com menos de 12 meses;
  • Teve contato sexual com parceiro ocasional/eventual nos últimos 12 meses.

No Brasil, existem 27 hemocentros e mais de 500 serviços de coleta, tanto na rede pública quanto na privada. Procure o mais próximo de você para doar sangue e faça sua parte. Com uma única doação sua, podem ser salvas até quatro vidas.

Mas não esqueça: Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde. Por isso, é muito importante contar com uma rede credenciada de especialistas com tabelas diferenciadas, qualidade e atendimento particular.

O Cartão Redesul pode de oferecer isso e muito mais! Entre em contato com nossa equipe e tire todas as suas dúvidas.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *