O que é transtorno bipolar?

O transtorno bipolar é uma doença mental caracterizada por mudanças extremas no humor, energia e níveis de atividade. Afeta aproximadamente 2-3% da população e pode causar prejuízo significativo no funcionamento diário. Neste artigo, discutiremos os sintomas, causas, diagnóstico e opções de tratamento para o transtorno bipolar.

O que é transtorno bipolar?
O que é transtorno bipolar?
Conheça nossos benefícios O transtorno bipolar é uma doença mental complexa e muitas vezes incompreendida. É caracterizada por episódios de mania e depressão, que podem causar prejuízo significativo no funcionamento diário. Ele afeta aproximadamente 2-3% da população e pode se desenvolver em qualquer idade.

Durante um episódio maníaco, os indivíduos podem apresentar humor elevado, aumento dos níveis de energia, diminuição da necessidade de sono, pensamentos acelerados, grandiosidade e comportamento imprudente.

Durante um episódio depressivo, os indivíduos podem experimentar sentimentos de tristeza, desesperança, culpa, baixa energia e dificuldade de concentração. Esses episódios de humor podem durar semanas ou meses e podem afetar significativamente o funcionamento diário.

A causa exata do transtorno bipolar não é conhecida, mas acredita-se que seja uma combinação de fatores genéticos, ambientais e neurológicos. Estudos demonstraram que indivíduos com histórico familiar de transtorno bipolar correm maior risco de desenvolver a doença.

Fatores ambientais, como estresse, abuso de substâncias e eventos traumáticos, também podem desencadear episódios de transtorno bipolar. Além disso, estudos de neuroimagem mostraram alterações estruturais e funcionais no cérebro de indivíduos com transtorno bipolar.

O diagnostico é feito por meio de uma combinação de entrevistas clínicas, avaliações de sintomas e histórico médico. Um profissional de saúde mental avaliará o humor, o comportamento e os padrões de pensamento de um indivíduo para determinar se ele atende aos critérios para transtorno bipolar. Outras condições médicas, como distúrbios da tireoide ou abuso de substâncias, também podem precisar ser descartadas antes que o diagnóstico seja feito.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS


OK